Sahga

  • Recentes

    PORQUE SOU AGNÓSTICO (3)

    Nos textos anteriores tratei da inconfiabilidade da fé como sendo pessoal e intransferível. A humanidade já deu provas mais que suficientes de que pode acreditar em qualquer coisa, até na inexistência de deus. Também considerei a impossibilidade, mesmo que de forma resumida, de ter nos textos sagrados e demais expressões religiosas, verdades. A única verdade, por assim dizer, é que as expressões são limitadas no tempo e espaço e, portanto, incompatíveis com algo vindo de Deus. Enfim, se ele tivesse algo a dizer aos homens diria a cada um e sempre a mesma coisa a todos em todos os tempos e locais.

    Em momento algum disse, nem pretendo dizer, que deus não existe. Considero até uma tolice esse tipo de discussão. Apenas assumo que dele nada sei e tenho como certo que não há ser humano que saiba.

    Os argumentos dos crentes por aí são basicamente:
    • A natureza fala de deus. Sim, com certeza. Porém, fala apenas que existe. Não dá nome, tampouco diretrizes e menos ainda alguma forma de culto, ou coisa que o valha. 
    • Deus fala comigo (André), mas eu não o ouço. Isso coloca minha incapacidade de ouvir acima da capacidade de deus de fazer-se ouvir. Tenho, assim, mais poder. Além disso, limitam, com esse argumento, a capacidade dele, seu poder. Ora, quem impediria Deus de falar e ser entendido? Ninguém!
    • Preciso de fé para entendê-lo. Ora, se eu tiver fé passo a ser crente, como já fui. Na condição em que estou é preciso que ele se faça entender mesmo com a minha incredulidade. Além disso, se não assumo Sua inexistência, por esta lógica, o caminho para falar comigo está aberto.
    • Por fim, dizem-me que um dia ele vai revelar sua vontade para mim. O caso não chega a ser eu, mas a humanidade. Se até a presente data perpetua-se a confusão que se vê, que interesse Deus teria em me dizer a verdade sem que diga a todos indistintamente? Isso me colocaria como mais um e ainda assim eu ficaria me perguntando: por que eu? Que privilégio! Os demais não merecem tal tratamento? E por que "um dia"? Colocam-se como já tendo recebido a tal mensagem numa clara acepção contra o descrente. Além disso, a Bíblia não é a revelação? Então, bastaria ser lida.
    Note que os argumentos não são fortes por aquilo que é crido, mas como forma de justificação de uma fé pessoal. O centro é o crente, não seu objeto. A conclusão a que cheguei é que não há a menor, mínima sequer, possibilidade de comunicação entre Deus e homens porque ele não o deseja. Não faz qualquer sentido Deus usar humanos, tão cheios de problemas éticos e morais, inclusive, para transmitir qualquer coisa a outros humanos, já que, em tese, seríamos todos iguais perante Ele. Esses mediadores explicam-se apenas pela existência do interesse humano pelo PODER.

    Evidentemente, a nossa natureza inquieta fez surgir toda a sorte de explicações e respostas que encontram toda a sorte de crédulos, inclusive numa mulher que surge das águas do mar num vestido azul. Ao contrário do que fazem os crentes nessa ou naquela crença não tenho pretensão alguma de convencer outros dos meus arrazoados. Mais que encontrar a verdade quero identificar mentiras, mesmo que as mais bem intencionadas.

    E por que as igrejas estão cheias? Sobre isso escrevo no próximo texto que você lê clicando AQUI.

    Abraço do André, um agnóstico.

    Um comentário:

    1. Ateu agnóstico, André. Certamente essa é a sua definição existencial. Admiro sua leitura, e dela me preencho para saber que não estou sozinho nos meus pensamentos e me completo nesta lista alfabética:

      A ndré Roldão (Aldous Huxley)
      B ill Gates
      C hico Buarque
      D ercy Gonçalves
      E dson Celulari
      F ernando Henrique Cardoso
      G raciliano Ramos
      H arold Rubin
      I vonilson Magalhães
      J ack Nicholson
      K arl Marx
      L ima Duarte
      N ando Reis
      O scar Niemeyer
      P ablo Neruda
      Q uentin Smith
      R enato Russo
      S elton Mello
      T homas Alva Edison
      U mberto Eco
      V inicius de Moraes
      W oody Allen
      X enófanes
      Y ves Passarell
      Z iraldo

      ResponderExcluir

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad