Sahga

  • Recentes

    O QUE DISSE LUIZ DAL FARRA NASPOLINI (I)

    Quem vem a público dar sua opinião corre riscos. Sei bem como é. E o maior risco é cair em contradição, que também sei como é. Com o tempo amadurecemos. Porém, há casos e casos. Uma coisa é um deslize aqui ou acolá, outra coisa é a mudança de pensamento ao longo do tempo sem que haja uma explicação ou uma explanações do porquê. Vai mudando, mudando... mudou e nem percebeu. Ou se percebeu fez vistas grossas.

    Eis o caso de Luiz Dal Farra Naspolini ao escrever em A Tribuna. Pessoa pública, petista de carteirinha, voltou-se contra seu partido por discordar da aliança com o PMDB em Criciúma. Que explicações haveria se em nível federal a coisa tá amarrada desde há 10 anos? Por que questões puramente locais tornaram-se mais importantes que a noção de que PT e PMDB vieram do mesmo MDB? Por que de crítico passou a apoiador de Clésio Salvaro? Por que Romanna Remor não é mais a guerreira que foi nos textos do articulista? José Paulo Serafim mudou ou mudou o Luiz Dal Farra? Mas vamos as textos assinados pelo Dal Farra. Faço essa análise porque considero a opinião de Naspolini digna de respeito.

    04/09/2009
    Sábado, no bairro Santa Luzia, discurso de vereador enaltecia prefeito Salvaro afirmando que transformou Criciúma num canteiro de obras como nunca visto. Daí tantos buracos. Não mente vereador! Obras nas ruas de Criciúma referem-se ao sistema de esgoto e saneamento realizado pela Casan, sendo que R$ 50 milhões são recursos federais. Iniciaram ainda com Antonelli. "Dai a César o que é de César". Salvaro recebeu R$ 28 milhões para recompor ruas danificadas.

    28/08/2009
    Romanna Remor é meu destaque da semana. Guerreira e maior revelação da Câmara de Vereadores de Criciúma nos últimos anos. Atuante. Não se intimida. Tem posições firmes. Age com segurança e determinação na defesa dos interesses de nossa gente e o desenvolvimento de Criciúma.

    14/08/2009
    Zé Paulo Serafim. Dois meses como deputado. Mobilizou e sacudiu. Cumpriu seu papel como representante dos trabalhadores. Bela revista com resumo de sua participação. Vale a leitura. Dez para Salvaro nas iniciativas relacionadas à gripe A. Plano Diretor: Salvaro zero, promotor Luciano Naschenweng dez.

    31/072009
    Vou afirmar o óbvio. Mas não dá mais para aguentar o trânsito em Criciúma. Está o caos. Complicou-se e explodiu de vez nas últimas semanas. O que era ruim ficou péssimo. Insuportável. Não há adjetivos para qualificação. Não podemos admitir que com menos de 200 mil habitantes seja o fim de mundo transitar de carro em Criciúma. Antes das obras em andamento já era o caos. Agora virou um inferno. Socorro.

    10/07/2009
    Mal contada a saída de Moreira da Celesc. Moreira é estorvo às pretensões de Luiz Henrique. Para reeditar tríplice aliança, este é o plano do governador: ele próprio e um tucano para o Senado e Raimundo Colombo com Dário Berger de vice. Desafio é convencer Pavan. Moreira sabe disso e antecipou estouro da boiada. Certo Moreira. PMDB, maior partido, não tem dono, não está à venda e está com Moreira. Enrola-se o governador.

    Vem mais por aí!

    Um comentário:

    1. O grande passo desta eleição no Brasil foi a lei ficha limpa e um socialista de coração apoia o ficha suja, contradição tem preço ninguém é burro um abraço do amigo.

      ResponderExcluir

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad