Guinzani banner

Guinzani
  • Recentes

    MURIALDO x ZÉ ZANOLLI - ZÉ ZANOLLI x MURIALDO

    Campanha eleitoral é boa porque suscita pesquisa, discussão e troca de informações. Alguns acham que é muita acusação de um lado e outro. Mas minha visão é diferente disso, pois é preciso que os lados se acusem e até mesmo briguem. Campanha ''educadinha'' não leva a muita coisa. A reclamação do povo está baseada em sua própria preguiça de ir atrás e conferir. Não tenho dúvidas da preguiça do povo, pois isso fica bem claro nos próprios militantes dos partidos que, sequer, são capazes de defender seus candidatos com um mínimo de dignidade, expondo seus Planos de Governo, por exemplo. Em geral acusam o oponente nas mais das vezes baseados em comentários, não em fatos. Além das piadinhas postadas no Facebook que revelam criatividade e a imbecilidade de seus autores.

    Tanto José Zanolli (PSD), quanto Murialdo Canto Gastaldon (PT), forma vereadores, 2001-2004 e 2005-2008, respectivamente. Este momento na vida política de ambos é relevante. É preciso mostrar a atuação de ambos numa das atividades mais difíceis, pois ao legislador não é dada possibilidade de realizar obras, coisa do Executivo. Porém, é dada a oportunidade de fiscalizar esse mesmo Executivo e servir de voz aos munícipes.

    Vamos ao resumo da atuação de ambos os postulantes ao cargo de prefeito municipal. Vale lembrar que não sou profundo conhecedor do rito legislativo e, portanto, corrijam-se se disser algo que não esteja correto.

    REQUERIMENTOS
    Zanolli - 22
    Murialdo - 96

    Os requerimentos servem para pedir audiências públicas, CPIs, formação de comissão provisórias, dentre outros. Há no site Interlegis mais de 40 modelos, sobre os mais variados assuntos.

    PEDIDOS DE INFORMAÇÕES
    Zanolli - 01 (feito ao próprio legislativo. Nenhum ao Executivo)
    Murialdo - 41 (feito ao Executivo, sendo que vários não foram aprovados em plenário porque o governo à época, de Heitor Valvessori, dispunha de maioria de votos)

    Pedidos de informações são casos bem específicos onde o vereador quer saber exatamente valores gastos ou recebidos em convênios, a aplicação de recursos, locação de funcionários, dentre outros exclusivos do poder público municipal.

    INDICAÇÕES
    Zanolli - 72
    Murialdo - 144

    As indicações são o meio de o vereador encaminhar demandas da população ao Executivo, tais como: pavimentação, melhorias em próprios públicos, médico num poto de saúde etc.

    PROJETOS DE LEI
    Zanolli - 11 (06 nomes de ruas, três declarações de utilidade pública, 01 alteração na composição de conselhos de saúde e 01 cópia dos demais que se vê por aí quanto à permanência em filas de agências bancárias)
    Murialdo - 21 (01 título de Cidadão Honorário, 08 declarações de utilidade pública, 10 nomes de ruas, 01 alteração no sistema de votação da Câmara e 01 inclusão de sistema de retirada de ar dos contadores de água do Samae)

    Os nomes de ruas e declarações de utilidade pública são reivindicações da população, haja vista a homenagem a pessoas falecidas e relevantes, além da necessidade dessa DUP para que entidades possam receber recursos públicos. Os nomes de ruas também facilitam o recebimento de correspondências. O título de Cidadão Honorário passa pela análise da história da pessoa e é importante para quem recebe e sua família, além do reconhecimento público.

    Muito bem, os números são díspares e falam por si. Mas sou compelido a afirmar algumas coisas. A diferença de atuação de um para o outro é absurda. Ainda mais no item Pedido de Informação que demonstra claramente que Zé Zanolli não cumpriu seu papel de fiscalizador. O conteúdo do material analisado remete a uma atuação bem mais forte por parte de Murialdo Gastaldon, principalmente no que tange às Audiências Públicas, onde setores da sociedade são ouvidos conforme o assunto. Porém, sugiro aos leitores que vejam com seus próprios olhos, já que tudo é público.

    Também foi por denúncia de Murialdo que duas ONGs foram auditadas pelo Tribunal de Contas do Estado (auditores estiveram em Içara e fizeram visitas in loco) e seus responsáveis forçados a devolverem os recursos da ordem de 49 mil reais. Evidente que isso suscitou a revolta de alguns ligados à política e que hoje reforçam oposição à sua candidatura. Sobre esse assunto faço outra postagem.

    Julguem os senhores!

    3 comentários:

    1. O Zé Zanoli foi vereador por uma legislatura apenas, e o Muri também.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. O Murialdo foi vereador por duas vezes, mas o arquivo morto da Câmara não ''ajudou'' na pesquisa da primeira legislatura, infelizmente.

        Excluir
    2. pra mim são tudo um bando de ladrao.

      ResponderExcluir

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad