Guinzani banner

Guinzani
  • Recentes

    HOMENS NO BAR - MULHERES NA LOJA

    Disse no Facebook que "quando casei entendi porque muitos caras preferem o bar. Agora, aos 46 anos, to sacando porque muitos da minha idade preferem as menininhas..."

    Leia as manifestações que se seguiram e depois comento a postagem e os comentários:

    Ilca Vasconcelos - pq são calhordas.......
    Fatima Lrb - eh
    Fatima Lrb - é vam plantando melancia na beira da. estrada...srrs
    Marcia Marcelino - oq aconteceu? brigou com a esposa?
    Keli De Lima Da Soller - Muitos da tua idade preferem as menininhas pq sao uns idiotas babões. Depois perdem tudo que tem e ficam reclamando. Quanto ao casamento, hoje tive o prazer de encontrar um amigo da época da faculdade de direito, inclusive fui ao casamento dele. E hoje perguntei: "e aih? Como eh a vida de casado?". E ele me respondeu com brilho nos olhos: "eh ótima!". Portanto, o casamento eh o que as pessoas fazem dele. Se o teu foi ruim a ponto de preferir o bar, sinto muito. O problema eh que a maioria das pessoas passa uma vida junto mas nao aprende a conviver, nao aprende a olhar o outro e a respeita-lo.
    Sos Bicho Urbano - Explica...
    Jaja Tavares - Ele apenas disse que entendeu , não que se arrependeu, entendeu?
    André Roldão - Caraca... eu disse que entendi. Não disse que fui pro bar ou que prefiro as menininhas. Detesto bar! Tampouco tenho o que conversar com menininhas.
    Fatima Lrb - é verdade muito so. vam .dar.valor quando perde daii tarde demais ...
    Fatima Lrb - detesta . fala. serio...
    Sos Bicho Urbano - Acredito que minha curiosidade e ansiedade foram responsáveis pela falta de interpretação na frase. Abraços!! Marcia
    Marcia Marcelino - nao vem com conversa pra boi dormi. se tu entende uma situaçao é poq tu ta vivendo ela.
    André Roldão - Não necessariamente. Pra isso que se pesquisa, se observa...
    Sos Bicho - Urbano rsrsrsrsrsr....boa Marcia Marcelino
    André Roldão - Como eu disse: Detesto bar! Tampouco tenho o que conversar com menininhas.
    André Roldão - Se fosse alguma coisa comigo eu nem tocaria no assunto. Por favor né!!!!!!!!!
    Giziele Casagrande - Aiaiai... Agora explica, pq muitos da tua idade preferem as menininhas?
    Zurene Manique - Keliki atacando de novo meu super heroi. kkkkkkkkkk
    Mari Machado - Sai dessa agora André!
    Zurene Manique - Gente querendo desencalhar fica agressiva... kkkkk
    João Bartolomeu - putis mimi com a vovò não é facil não.
    Leo Cassetari - Que romântico André! Kkkkkk
    Geraldine Francisco Medeiros - SÓ QUEM NÃO TEM UMA SUPER COMPANHEIRA EM CASA, ELES PROCURAM MESMO, MENININHA. MENININHO ENFIM COISAS DE HOMENS MAL RESOLVIDOS
    Daniela Rocha - pronto...agora vai comprar briga com a patroa..........kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    João Barcelos - NADA DISSO, QUEM AMA DE VERDADE NUNCA SE CANSA DA SUA AMADA.
    Sérgio Hammer - O casamento é feito por 2 pessoas. Se algo está errado, ambos devem conversar e ver o que está acontecendo. E tentar resolver da melhor forma possível. Mas se a mulher continuar com a "dor de cabeça", melhor o bar e/ou uma aventurazinha com as menininhas para esvaziar a "pressão".
    Deise Savi - Desculpa André Roldão, mas que pareceu que a história é contigo pareceu..rsrsrs
    Giseli Reus - mexeu com minha amiga.... mexeu comigo
    Jian Luzio - "Minha mulher e eu temos o segredo para fazer um casamento durar:
    Duas vezes por semana, vamos a um ótimo restaurante, com uma comida gostosa, uma boa bebida e um bom companheirismo. Ela vai às terças-feiras e eu, às quintas.
    Nós também dormimos em camas separadas: a dela é em Fortaleza e a minha, em SP.
    Eu levo minha mulher a todos os lugares, mas ela sempre acha o caminho de volta.
    Perguntei a ela onde ela gostaria de ir no nosso aniversário de casamento, "em algum lugar que eu não tenha ido há muito tempo!" ela disse. Então, sugeri a cozinha.
    Nós sempre andamos de mãos dadas...
    Se eu soltar, ela vai às compras!
    Ela tem um liquidificador, uma torradeira e uma máquina de fazer pão, tudo elétrico.
    Então, ela disse: "nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar".
    Daí, comprei pra ela uma cadeira elétrica.
    Lembrem-se: o casamento é a causa número 1 para o divórcio. Estatisticamente, 100 % dos divórcios começam com o casamento. Eu me casei com a "senhora certa".
    Só não sabia que o primeiro nome dela era "sempre".
    Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la.
    Mas, tenho que admitir: a nossa última briga foi culpa minha.
    Ela perguntou: "O que tem na TV?"
    E eu disse: "Poeira"."
    Luís Fernando Veríssimo
    Rita Rostirolla - tu adora dar uma polemizada... rs


    Muito bem. Começamos por responder algumas dessas manifestações para, então, considerar sobre minha postagem. A Ilca e Keli fizeram menção aos homens, mas seria de se pensar também em que tipo de mulheres suas companheiras se tornaram. Em geral nenhum homem começa a ir para o bar depois que casou. Ouso dizer que ele apenas continuou indo para o bar. O calhorda casado é o mesmo de antes de casar e elas não souberam escolher, ou não tinham opção tal seu afã por ter um homem.

    A Keli falou que os homens são uns idiotas babões porque buscam as menininhas. Ora, as menininhas, que um dia serão mulheres maduras são o quê nessa relação? Inteligentes exploradoras? Quanto ao perderem tudo mostra apenas uma relatividade, tanto que há homens que não perdem sua condição material por causa das mulheres com as quais saem. Se a questão for material: quanto custa uma esposa? Por fim, ela deu um exemplo de sucesso no casamento. Poderíamos dar outros tantos de insucesso. Mas valem os números de Criciúma: Em 2010 o IBGE informou 1.185 casamentos, 152 separações e 462 divórcios. Ou seja, em sendo esse ano, em média, igual aos demais, temos um insucesso de mais de 50%. Ao afirmar "maioria das pessoas passa uma vida junto mas não aprende a conviver, não aprende a olhar o outro e a respeita-lo" supõem-se que essa seja a atitude de algumas mulheres que acabam jogando seus homens para o bar (símbolo do futebol, da canastra e de tantas coisas que o fazem esquecer da razão pela qual se casou).

    A pergunta da Giziela é fundamental. Homens que passam dos 40, como eu, entram num momento em que se colocam num paredão. Sobre isso escrevi algo que ajuda a entender e que você lê AQUI. E nesse paredão há o que deixou de experimentar e o que ainda quer experimentar. Olha para a companheira e nem sempre encontra alguém que admira (a recíproca é verdadeira). Enfim, há os que se acomodam, os que têm consciência do bem que possuem e os que alopram, partindo pra bagunça.

    A despeito do que seja amor, numa relação passamos por momentos em que queremos abrir a porta, sair e nunca mais voltar. Esse papo de quem ama , ama sempre, é tolo, não corresponde à vida.

    De qualquer forma como solteiro convivia mais com solteiros. Depois que casei passei a conviver mais com casados, por isso percebi muita coisa depois de casado - óbvio! Como é sabido que homens têm uma certa dificuldade de falar o que sentem e as mulheres falam até demais, é natural que muitos não conseguem ''discutir relação''. Além disso, o bar é símbolo da fuga. Mulheres fogem para os filhos, para a casa, para as compras ou para a fofoca.

    Da mesma forma eu só pude perceber de fato o que é um homem acima dos 40 quando cheguei a essa idade. Poderia ter pesquisado antes, mas o fiz à medida em que vivi. Uma das coisas que percebi é que a maturidade feminina não era o que eu pensava. Ao invés das fantasias que eu tinha, deparei-me com um mundo ainda mais fantasioso e inseguro, muito longe das lobas da minha juventude. Das devoradoras a um punhado de moinhas ao vento. Essa é a parte que mais me chocou, com as exceções que confirmam a regra.

    Posso, hoje, discorrer sobre a velhice, mas devo faze-lo quando lá chegar, se chegar.

    Obrigado pela oportunidade de pensar sobre isso com vocês.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad