Sahga

  • Recentes

    ENTREVISTA COM AMERICO FARIA (Engeplus)

    O Portal Engeplus realiza a partir de hoje uma série de reportagens especiais com os candidatos à prefeitura de Criciúma. As eleições suplementares estão marcadas para o dia 3 de março e a publicação das entrevistas dos candidatos foi estabelecida por ordem alfabética. Os seis candidatos são: Américo Faria (DEM), Cintia dos Santos (PSTU), Fábio Brezola (PT), Márcio Búrigo (PP), Ronaldo Benedet(PMDB) e Rodrigo Maciel (PCB). Dando início às reportagens, o candidato Américo Faria (DEM) é o primeiro entrevistado. 

    Com chapa pura junto com o candidatado a vice-prefeito Everson Pereira, mais conhecido como Zico, o candidato cabeça de chapa, Américo Faria, diz que a escolha pelo candidato a vice aconteceu por unanimidade no partido. “Creio que o Zico é o melhor candidato a vice-prefeito e por isso não tivemos problemas na escolha. A sociedade está cansada de coligações e por isso optamos pela chapa pura”, ressalta. Reuniões visando à campanha eleitoral já acontecem de forma intensa no partido. “Estamos montando projetos e nos reunimos de manhã, de tarde e de noite buscando o melhor para a cidade”, comenta Américo.

    A dupla tem propostas para a maior cidade do Sul do Estado em seis áreas, são elas: gestão pública, saúde, educação, mobilidade urbana, infraestrutura e segurança. Na gestão pública, o partido almeja profissionalizar o setor. “Isso significa tirar todos os interesses paralelos deste segmento. Por exemplo, o procurador do município deve ser um profissional indicado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), pois será alguém adequado para ocupar tal função. Vamos profissionalizar a máquina”, salienta. 

    Na saúde, a informatização, de acordo com Faria, deve ser uma realidade no próximo governo. “Com a informatização do sistema de saúde vamos diminuir os desperdícios em 30%”, comenta. “Queremos treinar todos os médicos da rede pública, pois com isso vamos ter mais resolutividade nos atendimentos”, frisa o candidato. Conforme Zico, são propostas que têm viabilidade e podem ser executadas. “Muitas delas são feitas em outras cidades, ressaltando que são propostas de continuidade para que os próximos governáveis continuem com os projetos desenvolvidos”, comenta Zico. “Criciúma é uma cidade muito boa para viver, mas ela pode melhorar”, completa. 

    Américo durante, sua campanha, vai lançar os dez mandamentos do 'prefeito decente', conforme denomina. “Vou abrir mão do meu salário, pois se eu sobrevivi até hoje com o meu salário, por que eu vou receber para ser prefeito?”, indaga. Outro mandamento é a abdicação do automóvel da prefeitura. “Vou utilizar o meu próprio carro e não serei candidato à reeleição no dia 1º de janeiro de 2017, vou entregar a chave da cidade para o próximo candidato”, pontua. 

    Durante a campanha, de acordo com Faria e Zico, a educação será o carro chefe. “Só a educação pode resolver todos os outros problemas da sociedade”, considera Faria. A informatização nas escolas da cidade será uma das características do governo, bem como o trabalho do controle de drogas. “Educação e a questão do combate às drogas será cuidado pelo Zico, sobre as quais já possui um trabalho nesta área” destaca Faria. Em relação à Afasc, Américo promete acabar com a politicagem. “Quero transformar a Afasc como ela era antigamente, como na época da Zulma Manique Barreto”, ressalva.

    A mobilidade urbana também vai receber uma maior atenção no governo do DEM. “Criciúma possui mais de 130 mil veículos nas ruas, ou seja, para uma cidade e cerca de 200 mil habitantes é um número bastante elevado, que nos preocupa”, comenta Américo. "Dar acessibilidade é outro ponto essencial", destaca.

    “Só para a avenida Centenário temos 28 projetos, um deles é a educação dos motoristas, fazendo uma onda verde na cidade, dando mais trafegabilidade nas vias de Criciúma. Outra questão são as sinaleiras inteligentes existentes em várias cidades, as quais funcionam através de um sensor que dependendo do fluxo de veículos nas ruas adjacentes, o equipamento sinaliza a passagem dos veículos”, comenta. Na infraestrutura, o governo de Américo Faria e Everson Zico vai cobrar a realização da Via Rápida, a conclusão da segunda etapa do Anel de Contorno Viário e a construção da rodovia Leste/Oeste. “Vamos ver se essa ideia proposta por Salvaro é viável e colocá-la em prática”, pontua Américo.

    Inserir 250 câmeras de monitoramento em Criciúma é uma das propostas na área de segurança. “Os equipamentos vão substituir 750 policiais, ou seja, cada câmera equivale a três policiais. Este modelo reduz 78% dos atos de vandalismo”, calcula. A colocação destes aparelhos, conformeo candidato, seria discutida com a Polícia Militar. Segundo Zico, 80% dos crimes cometidos estão relacionados ao consumo de drogas. “Somos o terceiro município no número de homicídios no Estado, e medidas devem ser tomadas o mais rápido possível”.

    Um sistema de ouvidoria para que a população possa entrar em contato com a prefeitura e dar sugestões será reformulado, caso os candidatos sejam eleitos. “Os próprios moradores sabem o que é preciso para melhorar na sua região. A ideia é que eles entrem em contato e sugiram a melhoria do problema”, ressalta. “Resumindo: Nosso governo será com pessoas técnicas que entendam as necessidades do município e acima de tudo que tenham sensibilidade”, conclui Américo.

    Do Portal Engeplus

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad