Guinzani banner

Guinzani
  • Recentes

    MÉDICA CUBANA SEM TREINAMENTO NO ACIDENTE NA ARRANCADA DE CAMINHÕES (FOTO)

    Publicado no Portal SATC.
    Assista vídeo AQUI.


    Médicos denunciam cubana que atendeu vítima no Arrancadão

    Denúncia será formalizada nesta terça-feira, 18, no Conselho Regional de Medicina.
    Sequer o colar cervical foi capaz de colocar antes de qualquer procedimento

    Um grupo de médicos de Araranguá, Criciúma e Tubarão foi criado para formalizar denúncia no Conselho Regional de Medicina (CRM) de Araranguá contra a médica cubana que atendeu o piloto Edson Beber, no último domingo, 16, no acidente que ocorreu na XXIV Arrancada Internacional de Caminhões. A reunião sobre o caso acontece nesta terça-feira, 18, no CRM, com o delegado Luis Taddeo Filho.

    De acordo com o médico do Samu, Daniel Garcia, a profissional que atendeu à vítima não poderia estar desempenhando a função. "A médica cubana foi contratada através do programa Mais Médicos, e desempenha suas funções no posto de saúde do Balneário Arroio do Silva. Dessa forma, não poderia trabalhar por uma empresa privada no evento", disse.

    O médico ressalta ainda que a profissional cubana não estaria preparada e habilitada para o tratamento de emergência. "A ação caracterizou-se por exercício ilegal da profissão", completou.

    Denúncia

    O grupo de médicos formaliza a denúncia nesta terça-feira."Há vários pontos que nos amparam, porque além de ser uma médica cubana que não possui registro no CRM e que deve atender apenas com supervisão de um médico brasileiro responsável", explicou o médico participante da comissão de denúncia, José Nixon Batista.

    De acordo com o médico, a profissional teria atuado em outras oportunidades no setor privado. "Temos informações de vários médicos de que a médica já trabalhou em outros eventos pela empresa. Na XXIV Arrancada Internacional de Caminhões houve registro de que ela já atendia no sábado. Há fotos comprovando os trabalhos, com a profissional vestindo o macacão da empresa", finalizou Batista.

    A prefeitura do Balneário Arroio do Silva, assim como a organização do evento, não quis se manifestar. Já a responsável pela empresa privada de saúde que fez o atendimento na ambulância está viajando e não há ninguém que possa responder em seu lugar.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad