Guinzani banner

Guinzani
  • Recentes

    LIBERDADE A CONDENADO POR ESTUPRO DE CRIANÇA

    Estupro é uma agressão para a qual me faltam palavras. Ainda mais em se tratando de criança. Não suportaria ver isso dentro de minha família e não entregaria à Justiça, resolveria eu mesmo em caso de identificar o agressor. Altero-me ao pensar nas mulheres da minha vida - filha, neta, mãe, irmãs, namorada e ex-esposa. Seguem informações repassadas a mim por um pai, cuja filha estuprada aos 6 anos.

    O nome do agressor é Reginaldo João Rodrigues, morava no bairro Vila Zuleima, quando foi preso, condenado por estupro. Tem várias acusações por estelionato e até por roubo de cargas rodoviárias, com formação de quadrilha. Foi denunciado a primeira vez por crime sexual contra criança em 2009, processo 020.09.017239-8 da 1ª Vara Criminal de Criciúma, e foi condenado sem nenhuma dúvida a 15 anos de prisão em regime fechado, Sentença de 2011.

    Em paralelo, havia sido preso em flagrante por documento falso de identidade na delegacia de Forquilhinha. Sendo condenado a 2 anos de prisão.

    No uso da própria legislação recorreu da sentença no processo de crime sexual e diminuiu a pena para 13 anos e 9 meses. Iniciou-se o processo de Execução Penal, de numero 020.11.002923-2, (CNJ no. 0002923-13.2011.8.24.0020).

    Com esta condenação veio à tona testemunhos de outras crianças, vítimas de abuso sexual, parentes desse sujeito. Porém, os pais preferiram não denunciar, tal o medo que ele gera em sua família. Mesmo assim, sua filha, menor de idade, criou coragem e denunciou-o, relatando verdadeiras atrocidades e barbáries sexuais cometidas por esse monstro. O processo tramita na 1ª Vara Criminal de Criciúma sob no. 020.12.008060-5 (CNJ no. 0008060-39.2012.8.24.0020), e tinha audiência de Instrução e Julgamento marcada para março deste ano. Infelizmente, por motivos técnicos essa audiência não se realizou e foi adiada para agosto.

    Ainda mais macabro, em todo esse período, Reginaldo e alguns de seus parentes próximos, fizeram ameaças à integridade física do pai, de suas filhas, de sua própria filha que o denunciou, e a sua ex-mulher, mãe da 2ª vítima.

    Agora ele conseguiu abertura para o Semi Aberto e terá direito a sete dias em liberdade, a começar nesta sexta feira, dia 29 de Maio.

    Segundo informações que recebi, o tal promete cumprir suas ameaças de vingança. Provavelmente, dado seu "currículo" poderá possuir documentos falsos para sua fuga, morar bem longe daqui com outro nome e, assim, a Justiça nunca mais o localizará. Concomitante, o Assistente de Acusação promoveu pedido de Prisão Preventiva naquele Processo Crime, que graças à greve dos serventuários ficou parado e encontra-se em vistas do Promotor Dr. Ricardo, para decisão do Juiz, Dr. Valter, da 1ª Vara Criminal.

    Resumindo, várias pessoas encontram-se acuadas, refém dessas ameaças, e na expectativa que o Juiz decrete a Prisão Preventiva do mesmo em nome da integridade física e até psicológica, das vítimas e das testemunhas dos casos. Enfim, precisamos que o Juiz Dr. Valter e o Promotor Dr. Ricardo, sejam sensibilizados.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad