Guinzani banner

Guinzani
  • Recentes

    HOLOCAUSTO SÓ DE JUDEU?

    O PL 987/2007, do deputado Marcelo Itagiba (PMDB/RJ), apensado ao PL 6418/2005, visa penalizar quem "negar a ocorrência do Holocausto ou de outros crimes contra a humanidade, com a finalidade de incentivar ou induzir a prática de atos discriminatórios ou de segregação racial". Note a lambança, como se o holocausto judeu fosse racial. E negar um caso é incentivar outro? Ou como seria colocar as mortes de judeus sem a pecha de ''holocausto''? Por que holocausto refere-se apenas a judeus? Mas vamos ao ponto, partindo dessa proposta.

    Li algumas coisas, dentre elas o repúdio a este tipo de censura. Na Europa há países que criminalizam qualquer dúvida sobre o holocausto de judeus na Segunda Guerra como o propagado 6 milhões, que dá 5,4 mil mortes por dia entre 1942 e 1945. Você imagina o que envolve matar tanta gente assim em algumas dezenas de locais? Como descendente de judeus posso afirmar: tudo na história pode ser revisto. E, se o Holocausto é verdadeiro, não há como temer que alguém, ou grupos, possam coloca-lo em dúvida. Isso, na minha avaliação, somente reforçaria a verdade.

    É justamente esse tipo de Lei que me faz ter dúvidas sobre a história contada. E mais, o número de russos mortos foi de 20 milhões, assim como Testemunhas de Jeová, homossexuais e ciganos. Por que evidenciar apenas judeus? Não cabe a mim dizer o que é verdade nisso. Mas entendo que proibir questionamentos é, no mínimo, uma confissão de estar mentindo, total ou parcialmente.

    Por outro lado, tenho como claro que há assuntos que, mesmo com todos as evidências, haverá quem duvide, como a ida do homem à Lua, por exemplo. Ora, se consegue ficar em órbita não iria ao satélite? Por óbvio que iria. E em se tratando de religião a credulidade extrapola qualquer fagulha de bom senso. Assim, mesmo com todas as provas haverá sempre quem duvide apenas por duvidar.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad