Guinzani banner

Guinzani
  • Recentes

    CRIADOURO DE COBRAS

    Imponho a minha vontade de ser contra a imposição da vontade do outro sobre mim. Sou intolerante com a intolerância sobre o que penso. E discordo de quem discorda do que eu digo quando usa premissa da fé na fé. Simples assim!

    Ainda que haja uma tênue segurança em minha capacidade de reagir contra a força da imposição do outro, suponho que seja possível pensar assim. Falo da religião, da política e da ideia de que tenho o direito de escolha. Ou seja, em havendo a mínima força contra imposições haverei de usa-la.

    Vamos ao ponto!

    Cristãos e, principalmente, islâmicos, não aceitam que eu queira ir para o Inferno, se assim o desejar. No caso do segundo grupo me mandarão para lá tão logo tenham chance porque sou um infiel. Entenda que não creio nessa baboseira e uso apenas do que dizem. Ora, se nem a mais simples semântica lhes vêm à cabeça, quanto mais uma conexão de ideias razoável: como posso ser infiel, ou hipócrita, ou coisa semelhante se não faço parte de sua crença? Só poderá ser infiel ou hipócrita em relação a uma crença quem está dentro dessa crença. Mas para esses doidos que querem exercer o poder não há argumentos.

    Desde sua origem o Islã mata opositores e impõe a sua teocracia
    A turma do "deixa disso"!

    Ao pregar a tolerância religiosa essa gente, que fica de papinho irritante pra esconder o que pensa, acaba por esquecer que os intolerantes religiosos precisam da passividade do outro para não lhes fazer frente. Pregue a tolerância e a única coisa que conseguirás é dar guarida aos intolerantes. Ora, sem oposição estarão livres para agir. Assim, o Islã vem para o Brasil, como foi para a Europa, e tão logo tenha número suficiente exigirá que sua fé sobreponha-se às Leis do país porque já fazem isso na Inglaterra e França. Da mesma forma um Congresso dominado por religiosos como sempre foi no Brasil. E, de forma crescente, vê-se os tais evangélicos a pregar leis que servem aos que os seguem, não à sociedade como um todo. Ou, ainda mais estúpido, grupelhos de minorias que representam somente a si mesmos.

    Pior para esses pulhas do mimimi é que, sequer, os seguidores de Maomé escondem suas intenções, por exemplo. Querem dominar e dizem que querem dominar. Contudo, a tal da tolerância religiosa apregoada por aqui serve para os interesses deles. Estamos a fomentar quem quer nos destruir. Criando cobras para nos picar.

    A duvida é o que fazer? Dependemos do governo e suas trapalhadas...

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad