Sahga

  • Recentes

    EDUARDO MOREIRA E SUA ESTRANHA APOSENTADORIA COMO MÉDICO

    OITO ANOS que não aparecem para ser aposentado
    Atual governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira (MDB), requereu e foi aposentado como médico, conforme portaria do Ministério da Saúde de 30 de julho deste ano (imagem abaixo).
    Porém, sua atividade médica não compreende os 32 anos alegados na portaria. Formado em 1975, tomou posse como deputado federal em 1987, permanecendo no cargo até 1991. Em 1993 tornou-se prefeito de Criciúma até 1996. Portanto, teve o ano de 1992 para exercer a medicina. Fora de cargos eletivos voltou aos seus pacientes de 1998 até 2002. E desde 2003 é vice-governador de Santa Catarina, assumindo este ano com a renúncia do titular.

    Consultada, sua assessoria de imprensa limitou a responder: 
    Entrou na medicina em 1975, há 43 anos, em Criciúma trabalhou no prédio do Sistema Único de Saúde até virar político. Sua aposentadoria é proporcional ao tempo de contribuição. Antes da eleição de 2002 ele tinha retornado a exercer a profissão.

    Restou a dúvida, evidentemente, em como conseguiu exercer a profissão de médico cardiologista por 32 anos, desde que se formou, ao mesmo tempo que ocupou cargos eletivos por 19 anos. Temos 43 anos de formação, menos 32 de alegada atividade, sobram 11 anos para ser político. Assim, faltam, ao menos, OITO ANOS, para fechar a conta.

    Pode isso Arnaldo? Contribuir sem exercer a profissão pública?

    Um comentário:

    1. A LEI PERMITE...contribuir sem exercer.Pelo INSS VALÔR MÁXIMO A RECEBER uns 5 paus.

      ResponderExcluir

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad