Sahga

  • Recentes

    O PT é responsável?

    Qual a responsabilidade do PT, que esteve à frente do país por quase 14 anos, pelo péssimo desempenho dos nossos estudantes em todos os níveis? O partido comandou o país pelo tempo necessário para um ciclo completo. Crianças que começaram no 1º ano do ensino fundamental, em 2003, chegaram ao último durante aquela gestão. Ou seja, foi o tempo necessário para uma grande transformação, coisa que não se pode exigir de quatro anos de mandato. E isso não se desfaz com apagador. O PT fez mal e é responsável.

    Evidente que não se resume nas suas políticas públicas desastrosas. Há que se levar em conta outros dois detalhes: o interesse e disciplina da família que se refletem na sala de aula; e, a capacidade dos professores de darem boas aulas, independentemente do quanto ganham ou da beleza das paredes da sala de aulas.

    Em matéria de agosto de 2018, o G1 informou que "Sete de cada dez alunos do 3º ano do ensino médio têm nível insuficiente em português e matemática. Entre os estudantes desta etapa de ensino, menos de 4% têm conhecimento adequado nestas disciplinas. É o que mostram os dados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017 divulgados pelo Ministério da Educação (MEC)".

    Há quem diga que são necessários mais investimentos em Educação, leia-se dinheiro. Mas isso não parece ser verdade. O próprio governo, através de sua empresa de comunicação, a EBC, disse que "O Brasil gasta anualmente em educação pública cerca de 6% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país). Esse valor é superior à média dos países que compõem a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), de 5,5%. No entanto, o país está nas últimas posições em avaliações internacionais de desempenho escolar, ainda que haja casos de sucesso nas esferas estadual e municipal. A avaliação é do relatório Aspectos Fiscais da Educação no Brasil, divulgado hoje (6) pela Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda. Segundo o relatório, o gasto brasileiro também supera países como a Argentina (5,3%), Colômbia (4,7%), o Chile (4,8%), México (5,3%) e os Estados Unidos (5,4%). “Cerca de 80% dos países, incluindo vários países desenvolvidos, gastam menos que o Brasil em educação relativamente ao PIB”.

    Definitivamente não é dinheiro que falta. O que tornou tudo isso em péssimo desempenho foram uma série de comportamentos destrutivos. Isso começou no governo FHC que, ao buscar números positivos para dar conta de organismos internacionais ligados a financiamentos, flexibilizou regras para aprovação dos estudantes. Ou seja, o Brasil abandonou a meritocracia em sala de aula. Ora, o resultado não poderia ser outro. Passar de ano deve ser resultado da capacidade de absorver conhecimento efetivamente demonstrada.

    Resultado de imagem para professora agredida em sala
    Em agosto de 2017 a professora, militante da Esquerda, Marcia Friggi, foi barbaramente agredida por aluno em Indaial (SC)
    Outra imposição indireta de tudo isso está na liberdade dada a adolescentes. Alguém em formação não pode simplesmente decidir se vai se comportar bem ou não na escola. A indisciplina foi disseminada e a agressão a professores foi um dos seus efeitos colaterais.

    O exemplo de que a solução passa por disciplina e a exigência de resultados (Eis  a vida!) está nas escolas militares, ou melhor, as administradas pela Polícia Militar, ou em parceria com outras instâncias das Forças Armadas.
    Resultado de imagem para escola militar
    Os próprios estudantes se sentem melhor com a disciplina
    Assim, fomentador daquilo que é contrário à boa educação formal, o Partido dos Trabalhadores é o mais absoluto responsável pelo atual estado de coisas. Sim, teve tempo suficiente para elevar o Brasil, mas levou-o ao pior dos momentos.

    Resta esperar que os próximos 16 anos sejam muito bem aplicados e uma nova geração de excelentes floresça. Por fim, afirmo que escola não é para abrigar deficientes ou marginais, mas para propiciar o local adequado aos excelentes, aos que gostam de estudar, aos que sabem que estudar leva a uma vida de melhor qualidade. E esses devem ser preservados de conviver com bandidos ou quem quer que os atrapalhe o desempenho.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad