Sahga

  • Recentes

    JÚLIA ZANATTA, A USURPADORA

    Primeiro, usurpar é retirar a força quem de direito ou tomar para si a força. Por exemplo, quando um candidato(a) faz jogo de bastidores para derrubar quem já estava como pré-candidato a um cargo público. Trata-se de não jogar as regras do jogo, buscando forças acima de si, ou escusas, para conseguir seu intento, negando o confronto em igualdade de condições. Em se tratando de partido político, evitando o voto e a escolha da maioria.

    Na política criciumense temos um exemplo claro de usar uma relação pessoal, seja com presidente, seja com um senador, seja com deputado federal etc. Vamos à cronologia dos fatos para compreendermos melhor como Júlia Zantta usurpou para ser candidata.

    Jefferson Monteiro filiou-se no PL, com lançamento da pré-candidatura a prefeito no dia 24 de Outubro de 2019, sob as bênçãos do senador Jorginho Mello em evento, no qual estive presente. Na ocasião o partido estava coeso. Nenhuma manifestação contrária e apoio irrestrito dos que pleiteavam candidatura a vereador. Havia, inclusive, uma organização formada para a campanha eleitoral comandada pelo Belolinho. Grupo que, posteriormente, saiu para filiar-se ao PSL, tal a revolta.

    Júlia filia-se ao PL em 13 de Fevereiro de 2020, com lançamento de pré-candidatura no dia 14. Não houve qualquer votação interna. Simplesmente o senador, dono do partido, impôs a candidatura da moça. Ela poderia buscar outras agremiações, mas este partido, em especial, é comandado por um aliado muito próximo ao presidente. Assim, Monteiro acordou um dia não sendo mais o escolhido e a menina passou a dar cotoveladas para se manter.

    Senador Jorginho Mello

    Mas, como uma novela mexicana, teve seus capítulos protagonizados por uma mulher, cujo rompante beira o descontrole. No dia 17 de Setembro Júlia anuncia Alisson Pires (PSL) como vice sem que houvesse, novamente, um diálogo franco e votação dos envolvidos. Decisão de cima pra baixo, admitido por Alisson Pires. Ora, mesmo que a decisão fosse exclusiva das executivas dos partidos é natural esperar que os pré-candidatos a vereador também fossem consultados. Constata-se o "goela abaixo" facilmente pela reação negativa por parte dos postulantes à Câmara pelo PSL. Soma-se a isso silêncio sepulcral de parte dos candidatos do próprio PL, ao se ver a carreira solo de alguns com boas chances de chegar ao legislativo. Nenhuma declaração de profunda admiração pela candidata. No máximo um "proforma". O ápice dos descaminhos se cristalizou com a desistência do Delegado Márcio Neves, cuja candidatura a vereador pelo PL estava cotada como fortíssima, resultado direto das ações tresloucadas da candidata.

    Dias antes Júlia anuncia o próprio marido como vice, recebendo forte reação negativa dentro o PL pela total ausência de discussão. Ou seja, suas ações são rotineiramente antidemocráticas.

    A aversão continuou clara à candidata bolsonarista, mostrando que fotos ao lado do presidente não pesam na hora de superar a antipatia, grosseria e forma ditatorial de Júlia Zanatta. Hoje nova manifestação em reunião do PSL, com direito a bate-boca e dedo em riste, ganhando de mulheres (vejam só!) um veemente repúdio.

    Essa moça, que só apareceu em 2019 no cenário político de Criciúma, esqueceu que o poder se faz com diálogo numa democracia. Eu estava no carro de som em campanha por Jair Bolsonaro em Criciúma e simplesmente Júlia Zanatta não existia para mim. Uma bolsonarista que não foi para a rua conosco. Mas arvora-se a única representante legal do presidente por uma relação de amizade com o filho Eduardo. Ora, fosse mesmo, seria aclamada e haveria união em torno de si. Bolsonaristas brigariam para estar ao seu lado. Eleição municipal é coisa bem diferente da presidencial.

    Dia 15 de novembro tudo estará esclarecido através da democracia do voto livre, menos a usurpação. Esta já está nos anais da história política dessa cidade com raízes profundas e sequelas que perdurarão por muito tempo.

    2 comentários:

    1. Cara que matéria é mais presunçosa rodão meu Deus do céu cara cara tu tem de falar os pontos fortes e os fracos de cada pessoa agora tu vem com balela coisa pessoal tá acusando ela de usurpadora de malandra de sem vergonha tu tá botando no teu blog no teu negócio do Facebook cara não não faz isso não leva pro teu coração Que credibilidade tu tem pelo amor de Deus vai criar vergonha nessa tua cara vai

      ResponderExcluir

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad